Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

26 de janeiro de 2013

PRESÍDIO DE VISCONDE DO RIO BRANCO REALIZA PALESTRA DE SENSIBILIZAÇÃO RELIGIOSA

 Nesta segunda-feira (21/01) foi dado início aos trabalhos socioeducativos, entendidos enquanto elementos fundamentais para o processo de ressocialização da população carcerária. Abrindo os trabalhos, o Núcleo de Serviço Social elegeu o Dia Mundial da Religião – 21 de janeiro, para trazer ao conhecimento dos presos a importância dos valores sagrados e espirituais. O palestrante convidado discutiu a respeito da diferença entre o valor dado aos objetos e ás pessoas. Lembrou que o ser humano tem valor próprio, diferença fundamental para manter relação de afetividade, de importância e de amor. No entanto, enfatizou que a sociedade hoje tem tentado inverter tais valores, dando mais importância aos objetos e coisas, e estabelecendo uma relação de manipulação, interesse e brigas com outras pessoas. Neste contexto que a palestra se realizou, provocando a participação e a reflexão dos internos presentes. 
  O Serviço Social do Presídio de Visconde do Rio Branco diagnosticou os presos que possuem conflitos familiares e os incluiu para participação nesta palestra, como forma de sensibilizar e faze-los refletir sobre o momento atual que estão passando. O palestrante, o seminarista Pablo, da Paróquia de São João Batsita, finalizou expondo que, independente da religião que cada um optou em seguir, o que importa é refletirmos sobre o significado da palavra religião, que vem do latim (religare) e significa ligar de novo, ou seja, "mesmo com o erro do crime, há a oportunidade de aproximar-se DE NOVO de Deus, LIGAR-SE DE NOVO ao sagrado". A assistente social Rachel Cerqueira finalizou agradecendo a presença do palestrante e dizendo a todos os representes para refletirem sobre as palavras do seminarista, pois faria sentido em suas vidas relacionar a palestra com a oportunidade de recomeçarem. Ao final da palestra foram distribuídos livros religiosos "Deus Conosco" para todos os detentos.

Fonte:  Diretoria do Presídio de Visconde do Rio Branco

Nenhum comentário: