Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

16 de outubro de 2011

QUEN-QUEN E PEZÃO SÃO TRANSFERIDOS PARA PENITENCIÁRIA NO INTERIOR DE MINAS

A transferência dos dois criminosos foi confirmada no final da manhã pela Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi)

Maristela Bretas e Álvaro Castro - Do Portal HD * - 14/10/2011 - 10:34. Última Atualização: 11:59

Já estão a caminho da Penitenciária de Segurança Máxima de Francisco Sá, no Norte de Minas, os criminosos Ângelo Gonçalves de Miranda Filho, de 29 anos, o "Pezão" , e Bruno Rodrigues de Souza, de 22 anos, conhecido como "Quen-Quen". A transferência ocorreu às 8h30 desta sexta-feira (14).

A informação foi confirmada em nota oficial divulgada no final da manhã pela Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi)  Os presos foram escoltados por um comboio de cinco veículos. Ainda segundo a nota, "a escolha da Penitenciária de Francisco Sá levou em consideração o grau de periculosidade dos presos.  A unidade prisional é considerada a mais segura do Estado. Ela está localizada numa área isolada, onde não há sinal de telefonia celular e nem de televisão. As celas são individuais com segurança redobrada."

Considerado líder do PCC mineiro, Pezão estava preso na Penitenciária de Segurança Máxima Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana da Capital. Já o comparsa dele, Quen-Quen, estava no Centro de Remanejamento Prisional (Ceresp) São Cristóvão, no Bairro Lagoinha, Região Noroeste de BH.

Pezão e Quen-Quen encabeçavam a lista dos bandidos mais procurados de Minas Gerais e foram capturados no litoral paulista após a divulgação de cartazes do Programa Procura-se, pela Seds.

O primeiro é apontado como um dos chefes do PCC em Minas e dava ordens para as ramificações da organização no Estado e em São Paulo. A quadrilha dele O grupo atuava com o tráfico de drogas em várias cidades do interior e da capital.

Quen-Quen", braço direito de Pezão, estaria envolvido em um tiroteio na Avenida Cristiano Machado, no Bairro Guarani, Região Nordeste de BH, em 26 de agosto. Na ocorrência, um agente penitenciário morreu e um policial civil ficou ferido.

Nenhum comentário: